• Imagem de cabeçalho do site do mestrado em estudos linguisticos

Estrutura Curricular do Mestrado

Artigo 15 –  O Curso de Mestrado em Estudos Linguísticos é constituído por um mínimo de 480 (quatrocentas e oitenta) horas, equivalentes a 32 (trinta e dois) créditos, assim distribuídos: 12 (doze) créditos em Disciplinas Obrigatórias; 12 (doze) créditos em Disciplinas Optativas; e 08 (oito) créditos em Atividades Obrigatórias (Estágio Docência e Pesquisa Orientada), além do Exame de Qualificação, da redação e da defesa de uma Dissertação para obtenção do título de Mestre.

Artigo 17 – O Exame de Qualificação, a Dissertação e a Tese não dão direito a créditos, sendo a creditação atribuída à atividade Pesquisa Orientada, através da qual é acompanhado o trabalho de preparação para o exame e defesa de dissertação.

Artigo 18 – Os Cursos de Mestrado e Doutorado em Estudos Linguísticos formarão profissionais qualificados para o ensino universitário, além de pesquisadores no campo da Linguagem, através de:

a) Disciplinas obrigatórias e optativas;
b) Atividades de Pesquisa Orientada;
c) Estágio Docência;
d) Apresentação de parte da Dissertação de Mestrado em Exame de Qualificação;
e) Elaboração e defesa da Dissertação de Mestrado e Tese de Doutorado, nos níveis de Mestrado e Doutorado, respectivamente, como Trabalho Final de Curso.

Artigo 19 – São considerados componentes curriculares dos Cursos de Mestrado e Doutorado em Estudos Linguísticos:

a) Disciplinas Obrigatórias;
b) Disciplinas Optativas;
c) Atividades Obrigatórias.

Parágrafo 1º – Disciplinas do Programa, anteriormente cursadas com aprovação, podem ser aproveitadas para integralização do Mestrado e do Doutorado, após avaliação do colegiado e procedida a equivalência de conteúdos e de carga horária.

Parágrafo 2º - Somente serão aceitos pedidos de dispensa de disciplinas cursadas há menos de dois anos da data da solicitação.

Parágrafo 3º – No sistema de creditação do Programa, 01 (um) crédito corresponde a 15 (quinze) horas/aula.

Artigo 20 – Para integralização do Mestrado, o aluno terá que cumprir o mínimo de 32 (trinta e dois) créditos e 480 (quatrocentas e oitenta) horas, conforme o Quadro 1:
dd

Parágrafo 1º – A grade curricular do Curso de Mestrado em Estudos Linguísticos consta de Disciplinas Obrigatórias, Optativas e Atividades Obrigatórias descritas nos Quadros 2, 3 e 4: 

fr
ff
Parágrafo 2º – Excepcionalmente, para alunos que obtiverem conceito Insuficiente na Defesa da Dissertação, será ofertada a atividade Pesquisa Orientada III.

Parágrafo 3º – Pesquisa Orientada III não faz parte da creditação e da carga horária mínimas para integralização do curso.

Artigo 22 – O aluno deverá transformar o seu Anteprojeto de Pesquisa, aprovado na Seleção de ingresso, em Projeto de Dissertação ou de Tese até o final do primeiro semestre do Curso.

Parágrafo 1º –
O Projeto será defendido e avaliado em sessão pública com a presença de pelo menos um avaliador externo ao Programa.

Parágrafo 2º –
Em caso de alteração substancial do Anteprojeto de Pesquisa, esta deverá ser justificada pelo aluno e pelo orientador e aprovada pelo Colegiado do Programa.

Artigo 23 – Os candidatos ao título de Mestre e Doutor deverão ministrar aulas na Graduação, como forma de Estágio Docência, em conformidade com o disposto na Resolução CONSEPE 10/2004.

Parágrafo 1º – Cabe a um Supervisor, credenciado pelo Programa, a orientação e a avaliação do Programa ministrado pelo pós-graduando no Estágio Docência.

Parágrafo 2º – Concluído o Estágio Docência, o Supervisor apresentará parecer conclusivo, fundamentado em relatório apresentado pelo discente.

Parágrafo 3º –
Alunos que são professores com prática comprovada em ensino superior poderão ser dispensados do Estágio Docência, a critério do Orientador e do Colegiado do Programa, de acordo com a Resolução CONSEPE 10/2004.

Artigo 24 –
O Exame de Qualificação no Mestrado deverá ocorrer até o 16ª (décimo sexto) mês do curso e, no Doutorado, até o 30º (trigésimo) mês.

Artigo 25 – O aluno do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos deverá participar de eventos científicos (congressos, simpósios, seminários, encontros e similares) com apresentação de trabalhos, preferencialmente, em coautoria com professores do Curso e/ou com o Orientador.

Recomendar esta página via e-mail: