• Imagem de cabeçalho do site do mestrado em estudos linguisticos

Projetos de Extensão

Projeto: Leitura Itinerante: uma alternativa de mobilização de leitores

Coordenadora: Profa. Dra. Carla Luzia Carneiro Borges

Descrição: Projeto do Núcleo de Leitura Multimeios que visa a formação do leitor em espaços formais e não formais, fazendo uso da metodologia dos círculos de leitura. trata-se de um projeto permanente do Núcleo, do qual fazem parte várias atividades. Eu estou responsável, com a professora Sônia Coutinho, da Oficina Multiletramentos.

 

Projeto: Tecnologias, multiletramentos e formação de professores

Coordenadora: Profa. Dra. Úrsula Cunha Anecleto

Descrição: Na sociedade em constante aprendizagem do século XXI, instituições educativas são desafiadas para a ampliação de concepções de ensino, que efetivamente estabeleçam relação entre o conhecimento e a vida cotidiana do aprendiz. Nessa perspectiva, evidencia-se a necessidade de oferecer uma educação que promova a vida e a socialização da aprendizagem, redesenhando, de forma criativa e inovadora, as escolas para que atendam às demandas por uma aprendizagem significativa e um viver ético. Neste sentido, este projeto, segunda etapa do projeto de Extensão Tecnologias, (Multi)letramentos e Formação do Professor, tem por objetivo organizar uma formação continuada em exercício, reflexiva e problematizadora, a docentes dos anos finais do Ensino Fundamental, de escolas municipais em Valente (BA), no sentido de oportunizar outras práticas comunicativas a alunos, a partir da ampliação do uso das tecnologias digitais nas salas de aula. Apresentando como foco maior a potencialização das TD como meios para a ação pedagógica, tenciona entender qual perfil se espera do docente na era da cultura digital, no sentido de discutir sobre a reorganização de práticas de ensino para que atendam às demandas educacionais atuais; construir, de forma colaborativa, materiais didáticos e pedagógicos que potencializem a circulação de novos letramentos e de novas mídias no espaço escolar. Partimos da hipótese de que uma formação docente sobre as tecnologias digitais, que tenha como perspectiva uma ação comunicativa (HABERMAS, 2012), proporciona aos professores práticas de ensino mais interativas e dialógicas, contribuindo, assim, para a formação de alunos participativos, autônomos e engajados na construção do conhecimento. Como embasamento teórico, discute-se sobre formação continuada (ALARCÃO, 2005; SCHÖN, 2003); inteligência coletiva (LÉVY, 2010); Cultura Digital (SANTAELLA, 2003); letramento digital crítico (TAKARI; MOR, 2017). Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa do tipo pesquisa-formação (SANTOS, 2014). Dessa forma, pretende-se, com este projeto, contribuir com a formação continuada em exercício de professores que atuam nas séries finais do Ensino Fundamental no município supracitado, tendo como eixo as tecnologias e a educação escolar; práticas de leitura e de escrita em hipermídias; construção colaborativa de materiais didáticopedagógicos que levem em conta textos da esfera digital; ampliação da parceria entre a Universidade e a comunidade em seu entorno. Palavras-chave: Formação de professores. Cultura digital. Leitura e escrita.

 

Projeto: Núcleo de residência pedagógica de Língua Portuguesa

Coordenadora: Profa. Dra. Úrsula Cunha Anecleto

Descrição: Núcleo de Residência Pedagógica de Língua Portuguesa, com o projeto Gêneros textuais hipermidiáticos e ensino de língua portuguesa: ampliando práticas de leitura e de escrita no espaço escolar, na Universidade do Estado da Bahia (UNEB/Campus XIV).

 

Projeto: Audiovisualidades: elaborar com Foucault

Coordenadora: Prof. Dr. Nilton Milanez  

Descrição: Audiovisualidades: elaborar com Foucault apresenta as bases para a noção de audiovisualidades, considerando-a face aos estudos arqueológicos de Michel Foucault. Este Projeto de Extensão, portanto, trata de uma forma de ver, ouvir e enunciar a especificidade de um discurso das audiovisualidades e das materialidades que envolvem o corpo, elencando como temas filmes e vídeos, a fim de elaborar uma formação de objetos no interior dos estudos discursivos das audiovisualidades. Sob essa perspectiva, este Projeto configura um regime das audiovisualidades em torno de uma prática do discurso que solicita um duplo movimento: do sujeito analista para seu objeto teórico e do sujeito ao interior de si em um campo das audiovisualidades e das enunciações do corpo em nossa atualidade.

 

Projeto: Laboratório de recurso didático aplicado ao ensino de línguas e literaturas

Coordenador: Prof. Dr. Patrício Nunes Barreiros

Descrição: O Laboratório de Recursos Didáticos Aplicados ao Ensino de Línguas e Literaturas é uma iniciativa do Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Humanidades Digitais e tem como objetivo criar um espaço de pesquisa que visa o desenvolvimento de novos recursos didáticos na área de letras. As atividades do laboratório constam de produção e avaliação de recursos didáticos aplicados ao ensino de língua e literatura no âmbito do DLA/UEFS. Os estudantes de letras, futuros professores de língua e literatura de seus respectivos cursos, necessitam aprender a desenvolver novos recursos didáticos para o ensino e também testar os recursos já existentes. Desse modo, um laboratório para essa finalidade é indispensável para formar professores capazes de interferir de modo positivo e eficiente no cotidiano escolar. Atualmente, com o avanço das novas tecnologias da informação e da comunicação, os professores são capazes de produzir seus próprios materiais didáticos, criar espaços de aprendizagens através das redes sociais, blogs, sites; produzir edições de textos literários, bibliotecas virtuais, audiolivros, hipermídias, ambientes virtuais de aprendizagens, etc. Os professores também se deparam com uma enxurrada de recursos didáticos de vários tipos, que merecem ser avaliados de modo sistemático. Nesse sentido, o L@BELL é um espaço de construção e difusão de importantes conhecimentos para a área de letras e está integrado aos cursos de Licenciatura em Letras do DLA e à pós-graduação, principalmente, ao Mestrado Profissional em Letras. Está vinculado também ao Programa Portal - Ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras modernas para a cidadania, a inclusão social e o diálogo multi e intercultural; ao Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID - Espanhol, Inglês, Francês e Português); ao Projeto de Aprimoramento em Língua e Literatura Estrangeiras (PALLE). O L@BELL tem as seguintes finalidades: a) Promover a produção, inovação e difusão de conhecimentos relacionados à produção de recursos didáticos aplicados ao ensino de língua e literatura; b) Testar recursos já existentes; c) Produzir recursos didáticos; d) Constituir um acervo de recursos didáticos para consulta e pesquisa; e) Criar um espaço de interação entre pesquisadores e estudantes; f) Disponibilizar equipamentos para o desenvolvimento de pesquisas na área.

Recomendar esta página via e-mail: